Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Porto Alegre, 25 de Fevereiro de 2020. Aumenta a Fonte [ A + ]   [ A - ]  
 
06/05/2013

Médicos cubanos

Cremers é contra importação de médicos sem revalidação de diploma


Diante do acordo entre Brasil e Cuba para trazer seis mil médicos cubanos para atuação nas áreas mais distantes e carentes do país, o presidente do Cremers, Rogério Wolf de Aguiar, destacou que a medida é desnecessária:
- Existem médicos em número suficiente no Brasil. São mais de 380 mil em atividade e mais de 15 mil se formando a cada ano. O problema é a distribuição irregular de médicos, conforme pesquisa do Conselho Federal de Medicina divulgada em fevereiro deste ano. A solução seria o governo implantar uma política séria de valorização e interiorização dos médicos, começando com um plano de carreira de Estado.

De acordo com Aguiar, se realmente for autorizado o trabalho de médicos formados no exterior sem a revalidação do diploma, o governo estará passando por cima da legislação e, além disso, demonstrando descaso com a qualificação no atendimento. Para ele, também de nada adianta “estabelecer médicos sem estrutura e sem apoio nos lugares mais afastados. Trata-se de uma grande distorção”.


Acordo entre governos
Os governos do Brasil e de Cuba, com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde, estão acertando como será a vinda de seis mil médicos cubanos para trabalharem nas regiões brasileiras mais carentes. Os ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e o cubano Bruno Eduardo Rodríguez Parrilla, anunciaram a parceria nesta segunda-feira, dia 6, em Brasília.

A iniciativa contraria frontalmente as entidades médicas brasileiras, que exigem a revalidação do diploma obtido no exterior, conforme determina a legislação. Além disso, as entidades sustentam que existem médicos suficientes no país e o que falta, na verdade, é uma política de interiorização dos médicos, começando com um plano de carreira de Estado.

Patriota e Rodríguez não informaram como será a concessão de visto – se será definitivo ou provisório. Segundo o chanceler brasileiro, há um déficit de profissionais brasileiros na área de saúde atuando nas áreas carentes do país, daí a articulação com Cuba.

As negociações para o envio dos médicos cubanos para o Brasil foi iniciada pela presidenta Dilma Rousseff, em janeiro de 2012, quando visitou Havana, a capital cubana. Ela defendeu uma iniciativa conjunta para a produção de medicamentos e mencionou a ampliação do envio de médicos cubanos ao Brasil, para apoiar o atendimento no Serviço Único de Saúde (SUS).

“Cuba tem uma proficiência grande na área de medicina, farmacêutica e de biotecnologia. O Brasil está examinando a possibilidade de acolher médicos por intermédio de conversas que envolvem a Organização Pan-Americana de Saúde, e está se pensando em algo em torno de seis mil ou pouco mais”, destacou Patriota.

Segundo o chanceler brasileiro, as negociações estão em curso, mas a ideia é que os profissionais cubanos atuem nas áreas mais carentes do Brasil. “Ainda estamos finalizando os entendimentos para que eles possam desempenhar sua atividade profissional no Brasil, no sentido de dar atendimento a regiões particularmente carentes no Brasil”, disse.

A visita do chanceler de Cuba ocorre no momento em que o presidente cubano, Raúl Castro, implementa mudanças no país, promovendo a abertura econômica e avanços na área social. Segundo Bruno Rodríguez, a parceria com o Brasil é intensa principalmente nas áreas econômica, social e turística. “Há um excelente intercâmbio de ideias”, disse o cubano.

O comércio entre Brasil e Cuba aumentou mais de sete vezes no período de 2003 a 2012, segundo o Ministério das Relações Exteriores. De 2010 a 2012, as exportações brasileiras para Cuba cresceram 36,9%. No ano passado, o comércio bilateral alcançou o recorde de US$ 661,6 milhões.

Institucional Câmaras Técnicas Comissões de Ética Conheça o CREMERS Contas Públicas Delegacias Diretoria Palavra do Presidente Vídeo Institucional História Cremers

Serviços Área do Médico Busca Empresas Busca Médicos Ativos CBHPM Concurso Emissão de Boleto Empregos Eventos Inscrição de Empresas Licitações Pareceres e Resoluções Perguntas Freqüentes Pessoa Jurídica Propaganda Médica Registro de Especialidade Médica

 

 

Imprensa Artigos Assessoria Informativo Cremers Notícias Twitter

Publicações Apresentações para Download Biblioteca Código PEP Regimento Interno dos Corpos Clínicos

 

Contato Fale com o CREMERS Fale com o Presidente Ouvidoria

 

 

 

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul - Copyright 2020 ©
Av. Princesa Isabel, 921 - Bairro Santana
Porto Alegre - RS - CEP: 90620-001
Telefone: (51) 3300-5400 e 3219-7544
Fax: (51) 3217-1968
E-mail: cremers@cremers.org.br
Horário de Atendimento:
De segunda-feira a sexta-feira
Das 09h00min às 18h00min