Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Porto Alegre, 13 de Outubro de 2019. Aumenta a Fonte [ A + ]   [ A - ]  
 
04/09/2009

Vacina para a gripe A

Países do mundo inteiro devem receber ainda neste mês de setembro as primeiras doses da vacina para a influenza A (H1N1)


As primeiras doses da vacina para a influenza A (H1N1) deverão estar disponíveis para os governos dos países do mundo inteiro em setembro, confirmou nesta sexta-feira, dia 4, a diretora da Iniciativa para Pesquisa de Vacinas da Organização Mundial de Saúde (OMS), Marie-Paule Kieny. “Nenhum país terá vacina suficiente para toda a população desde o primeiro dia que ela estiver disponível. Por isso, os países terão que escolher o que priorizar”, afirmou.

Segundo Marie-Paule, a estratégia de cada país vai depender dos objetivos de sua política para o tratamento e da disponibilidade de vacina. Os países poderão, por exemplo, tentar reduzir a mortalidade em grupos específicos, como as grávidas. A OMS recomenda que trabalhadores da área da saúde sejam os primeiros para permitir que eles cuidem dos outros pacientes. As vacinas não serão disponibilizadas no mercado privado.

A indústria vai utilizar preços diferenciados. Países de alta renda poderão pagar entre US$ 10 e 20 por dose (números estimados), enquanto os países de renda média podem pagar cerca de metade desse valor.

A população não se deve deixar ‘hipnotizar’ pela vacinas, segundo a diretora da OMS. Há outras medidas, como a higiene pessoal e evitar aglomerações. “Estamos falando de uma doença da qual a maior parte das pessoas se recupera bem."

A OMS está trabalhando para garantir vacinas aos países em desenvolvimento, de acordo com Marie-Paule. Para tanto, negociou doações com fabricantes (foram anunciadas doações de 100 milhões de doses pelo laboratório Sanofi-Aventis e de 50 milhões pelo GlaxoSmithKline). A OMS também em tratativas com os fabricantes para que eles reservem parte de sua produção para ela, a preços reduzidos, e tem auxiliado laboratórios de países em desenvolvimento na produção da vacina.

O último balanço divulgado pela OMS mostra que a doença já atingiu 254.206 pessoas no mundo e causou a morte de 22.837. No Brasil, a gripe causou 657 mortes. A taxa de mortalidade no país é a sexta maior do mundo - 0,34 a cada 100.000 habitantes -, segundo o Ministério da Saúde.







Institucional Câmaras Técnicas Comissões de Ética Conheça o CREMERS Contas Públicas Delegacias Diretoria Palavra do Presidente Vídeo Institucional História Cremers

Serviços Área do Médico Busca Empresas Busca Médicos Ativos CBHPM Concurso Emissão de Boleto Empregos Eventos Inscrição de Empresas Licitações Pareceres e Resoluções Perguntas Freqüentes Pessoa Jurídica Propaganda Médica Registro de Especialidade Médica

 

 

Imprensa Artigos Assessoria Informativo Cremers Notícias Twitter

Publicações Apresentações para Download Biblioteca Código PEP Regimento Interno dos Corpos Clínicos

 

Contato Fale com o CREMERS Fale com o Presidente Ouvidoria

 

 

 

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul - Copyright 2019 ©
Av. Princesa Isabel, 921 - Bairro Santana
Porto Alegre - RS - CEP: 90620-001
Telefone: (51) 3300-5400 e 3219-7544
Fax: (51) 3217-1968
E-mail: cremers@cremers.org.br
Horário de Atendimento:
De segunda-feira a sexta-feira
Das 08h40min às 18h00min