Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Porto Alegre, 27 de Junho de 2019. Aumenta a Fonte [ A + ]   [ A - ]  
 
04/09/2014

Eleições CFM

Confira a lista de eleitos que representarão seus estados no CFM de 2014 a 2019


Os resultados das eleições para escolha dos novos conselheiros que representarão seus estados no Conselho Federal de Medicina (CFM) no quinquênio 2014/2019 já são conhecidos em todo o país. No RS foram eleitos os conselheiros Claudio Franzen e Antonio Ayub.

O nome dos conselheiros efetivos e suplentes que receberam a maior votação em cada Estado aguardam ainda homologação do CFM, que deve acontecer na próxima reunião plenária, dia 25 de setembro.

O mandato dos novos membros do CFM terá duração de cinco anos e será meramente honorífico, com a posse em 1º de outubro de 2014 e encerramento em 30 de setembro de 2019.

Confira abaixo os nomes dos vencedores em cada estado:

CONSELHEIROS FEDERAIS DE MEDICINA ELEITOS - GESTÃO 2014/2019

AC
Dilza Teresinha Ambros Ribeiro - efetivo
Renato Moreira Fonseca - suplente

AL
Emmanuel Fortes Silveira Cavalcanti - efetivo
Alceu José Peixoto Pimentel - suplente

AP
Maria das Graças Creão Salgado - efetivo
Dorimar dos Santos Barbosa - suplente

AM
Júlio Rufino Torres - efetivo
Ademar Carlos Augusto - suplente

BA
Jecé Freitas Brandão - efetivo
Otávio Marambaia dos Santos - suplente

CE
Lúcio Flávio Gonzaga Silva - efetivo
José Albertino Souza - suplente

DF
Rosylane Nascimento as Merces Rocha - efetivo
Sérgio Tamura - suplente

ES
Celso Murad - efetivo
Paulo Antônio de Mattos - suplente

GO
Salomão Rodrigues Filho - efetivo
Lueiz Amorim Canedo - suplente

MA
Abdon José Murad Neto - efetivo
Nailton José Ferreira Lyra - suplente

MT
José Fernando Maia Vinagre - efetivo
Alberto Carvalho de Almeida - suplente

MS
Mauro Luiz de Britto Ribeiro - efetivo
Luís Henrique Mascarenhas Moreira - suplente

MG
Hermann Alexandre Vivacqua von Tiesenhausen - efetivo
Alexandre de Menezes Rodrigues - suplente

PA
Hideraldo Luís Souza Cabeça - efetivo
Léa Rosana Viana de Araújo e Araújo - suplente

PB
Dalvélio de Paiva Madruga - efetivo
Norberto José da Silva Neto - suplente

PE
Carlos Vital Tavares Corrêa Lima - efetivo
Adriana S. Carneiro da Cunha - suplente

PR
Donizette Dimer Giamberardino Filho - efetivo
Lisete Rosa e Silva Benzoni - suplente

PI
Leonardo Sérvio Luz - efetivo
Lia Cruz Vaz da Costa - suplente

RJ
Sidnei Ferreira - efetivo
Márcia Rosa de Araújo - suplente

RN
Jeancarlo Fernandes Cavalcante - efetivo
Luís Eduardo Barbalho de Melo - suplente

RS
Claudio Balduíno Souto Franzen - efetivo
Antônio Celso Koehler Ayub - suplente

RO
José Hiran da Silva Gallo - efetivo
Luiz Antônio de Azevedo Accioly - suplente

RR
Wirlande Santos da Luz - efetivo
Alexandre de Magalhães Marques - suplente

SC
Anastácio Kotzias Neto - efetivo
Wilmar de Athayde Gerent - suplente

SP
Jorge Carlos Machado Curi - efetivo
Ruy Yukimatsu Tanigawa - suplente

SE
Henrique Batista e Silva - efetivo
Rosa Amélia Andrade Dantas - suplente

TO
Nemésio Tomasella de Oliveira - efetivo
Pedro Eduardo Nader - suplente

A Lei 3.268/57, que dispõe sobre os conselhos de medicina, também prevê, além dos representantes de cada Estado da Federação e do Distrito Federal, um representante e respectivo suplente indicado pela Associação Médica Brasileira (AMB). São eles: Aldemir Humberto Soares (efetivo) e Newton Monteiro de Barros (suplente).

Saiba mais:
O cronograma das eleições foi estabelecido pela Resolução CFM 2.024/13, aprovada em agosto do ano passado, mas as datas das eleições, dentro do período estabelecido, ficaram a critério de cada conselho regional de medicina (CRM).
As eleições foram realizadas no dia 25 de agosto em 17 estados; dias 25 e 26 de agosto em cinco; de 25 a 27 em três, e apenas no dia 27 em dois. A data foi escolhida por cada CRM, assim como os nomes dos candidatos.
A votação ocorreu de três formas: presencial, por correspondência ou mista. Para o voto por correspondência, cada CRM teve de enviar o material para a casa dos eleitores até o dia 5 de agosto. Só será considerado válido o voto que tiver a chancela da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. A correspondência precisou chegar até às 18h da data limite do encerramento das eleições. (mantenha seu endereço atualizado)
Foram obrigados a votar médicos em pleno gozo dos direitos políticos e profissionais inscritos no CRM. Não puderam votar médicos em débito com a entidade. A participação no pleito foi facultativa para os profissionais com mais de 70 anos.

Fonte: CFM

Institucional Câmaras Técnicas Comissões de Ética Conheça o CREMERS Contas Públicas Delegacias Diretoria Palavra do Presidente Vídeo Institucional História Cremers

Serviços Área do Médico Busca Empresas Busca Médicos Ativos CBHPM Concurso Emissão de Boleto Empregos Eventos Inscrição de Empresas Licitações Pareceres e Resoluções Perguntas Freqüentes Pessoa Jurídica Propaganda Médica Registro de Especialidade Médica

 

 

Imprensa Artigos Assessoria Informativo Cremers Notícias Twitter

Publicações Apresentações para Download Biblioteca Código PEP Regimento Interno dos Corpos Clínicos

 

Contato Fale com o CREMERS Fale com o Presidente Ouvidoria

 

 

 

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul - Copyright 2019 ©
Av. Princesa Isabel, 921 - Bairro Santana
Porto Alegre - RS - CEP: 90620-001
Telefone: (51) 3219-7544
Fax: (51) 3217-1968
E-mail: cremers@cremers.org.br
Horário de Atendimento:
De segunda-feira a sexta-feira
Das 08h40min às 18h00min